Web Stories: Um Guia Completo para Criar, Otimizar e Monetizar

por Júlia Neves

Ilustração representando a web stories no celular.

Direto ao Ponto

O que você acharia se eu te falasse que existe uma forma simples e rápida de você conseguir mais visibilidade para o seu site, mais acessos e até mesmo uma maior monetização dos seus conteúdos na internet?

E se eu te falasse que isso tudo pode ser independente de você ter um site grande ou pequeno, com muita ou pouca audiência e mesmo que você não seja uma pessoa conhecida?

Se interessou, né? Nesse artigo falaremos de como você pode conseguir tudo isso usando os Web Stories, um já não tão novo, mas essencial, tipo de conteúdo visual e de consumo rápido do Google, baseado no formato dos famosos Stories, consagrados pelo Instagram. 

Além de te mostrar como você pode criar os seus Web Stories e como eles vão te ajudar a impulsionar a sua estratégia de SEO.

O que são Web Stories?

Como já citamos anteriormente, o Web Stories é um formato de conteúdo parecido com os Stories do Instagram, que é baseado em cards verticais, apresentados em um carrossel com interação dinâmica.

Foto da tela de um celular mostrando Web Stories.

Esses cards podem conter diversos formatos de conteúdo como vídeos, áudios, gif e textos, assim como você encontra no Instagram e outras redes sociais.

Você pode ver os Web Stories aparecerem tanto nos resultados comuns de busca do Google, quanto nos resultados de busca de imagens no Google e, principalmente, no Google Discover.

O que é o Google Discover?

Sabe quando você está mexendo no celular, abre o Google Chrome ou o aplicativo do Google para entrar em algum site ou fazer uma busca e aparecem vários conteúdos e notícias que chegam a te fazer esquecer o motivo original de abrir o app?

Isso é o Google Discover!

Na real, o Google Discover nada mais é do que uma função do Google que usa um algoritmo de precisão para apresentar uma página com vários conteúdos de interesse específicos daquele usuário que está acessando seus aplicativos.

Na página do Google Discover você vai encontrar notícias e conteúdos, geralmente que batem muito com os seus interesses, vai ver a previsão do tempo na sua região e também, geralmente em destaque, os Web Stories.

E essa é a principal vantagem do Google Discover, a pessoa não precisa pesquisar por nada e o seu conteúdo já pode aparecer para ela em sua timeline, sendo que, por conta do algoritmo, existe uma grande chance dessa pessoa realmente se interessar pelo assunto do seu conteúdo e acessá-lo.

Leia também: UX e SEO: A importância da UX no sucesso da sua estratégia

Quais as vantagens de criar Web Stories?

Uma das principais vantagens de criar Web Stories já foi até respondida no tópico anterior, que é o fato deles aparecerem com certo destaque dentro do Google Discover e, geralmente, serem direcionados para pessoas que já tem interesse prévio no assunto dos seus conteúdos.

Um formato já conhecido

Mas, para além disso, os Google Web Stories também são muito vantajosos pela forma que atraem os usuários, seja em qual dos 3 locais que citamos que ele apareça. 

Afinal, o modelo de conteúdo baseado em Stories já é consolidado na internet e seu formato de consumo rápido e visual facilita que as pessoas entrem em seus conteúdos, mesmo que não estejam dispostas a se manter tão atentas naquele momento, como precisam para ler um artigo completo, por exemplo.

Baixa concorrência (ainda)

Outra grande vantagem de criar Web Stories é que, apesar da facilidade de consumo e do grande destaque dado ao Google para esse tipo de conteúdo, a maioria das pessoas que produzem conteúdo para sites e blogs criaram pouco, ou nem fazem ideia de como fazer e nunca criaram um. 

Assim, a sua concorrência por lá ainda será bem baixa, aumentando as possibilidades de você ser encontrado de forma bem rápida pelas pessoas certas. E muitas vezes por milhares de pessoas certas.

Análise de métricas

Além disso, com os Web Stories, diferente dos Stories das redes sociais, você consegue medir exatamente as mesmas informações sobre os acessos que você teve nos conteúdos, assim como acontece nas páginas do seu site com o Google Analytics.

Você consegue saber detalhes como origem dos acessos, tempo de visualização dos Stories, entre muitas outras métricas que podem te ajudar a entender ainda melhor quem está consumindo seus conteúdos.

Como criar Web Stories?

Agora que você já sabe o que são e as vantagens dos Web Stories para a distribuição do seu conteúdo, vamos mostrar como você pode criar os seus próprios Stories para o Google.

De forma geral, os Web Stories podem ser criados de forma manual por programação dentro do seu próprio site, mas, para facilitar a sua vida, vamos mostrar algumas ferramentas que podem automatizar e facilitar essa produção para você.

Ferramentas de criação de Web Stories

Entre as principais formas de criar os seus próprios Web Stories estão:

  • MakeStories
  • Web Stories para WordPress (plugin oficial do Google)

A primeira cria seus Stories de forma independente e a segunda é um plugin que cria os Web Stories já dentro do painel WordPress do seu site.

MakeStories

Essa é a nossa indicação para criação de Web Stories caso o seu site não seja criado com o WordPress.

Como MakeStories você cria seus Stories de forma simples e intuitiva, sem necessidade de programação e tendo controle de todo o design e elementos dos seus cards.

A ferramenta também já te disponibiliza vários templates de Web Stories para você utilizar e personalizar no estilo ‘arrasta e solta’.

Ela tem tanto uma versão gratuita, como uma versão paga com ainda mais vantages.

Web Stories para WordPress

Já se seu site é criado com o WordPress, a cereja do bolo é o Web Stories para WordPress.

Esse plugin, desenvolvido pelo próprio Google, te facilita demais no momento de produzir os seus Stories, já que ele mesmo cuida de boa parte das questões técnicas da produção, te deixando apenas responsável pela parte criativa da elaboração dos temas.

Ele te permite também, fazer o upload de todas as mídias que você desejar usar em sua criação, como vídeos e imagens, para dentro do seu site usando diretamente o plugin.

Ou seja, você tem a facilidade de não precisar nem sair do seu painel do WordPress, após finalizar a produção do seu artigo, por exemplo, para já criar o Web Stories referente a esse artigo.

Passo a passo para criar um Web Story no WordPress

Celular mostrando alguns web stories na página do Google.

Após instalar e ativar o plugin Web Stories para WordPress, você pode acessá-lo diretamente pela barra lateral das ferramentas do WordPress.

Print da tela do WP mostrando como acessar a área de web stories.

Ao abrir o plugin você terá acesso ao painel de criação de Stories, onde você é apresentado a uma infinidade de layouts pré moldados para você usar e personalizar, mas também tem a possibilidade de criar os seus layouts do zero, como se estivesse mexendo em uma ferramenta online de edição de imagens, como o Canva.

Print de tela mostrando como usar os modelos de web stories.
Print de tela mostrando como criar um web stories do zero.

Depois de criar os layouts de seus cards, o próprio plugin trata de fazer todo o restante necessário para a postagem, indexação e rastreio do seu conteúdo pelo Google.

Print da tela mostrando os web stories criados na sua conta.

Claro que você também pode conferir por você mesmo se o conteúdo dos Web Stories foi publicado de forma correta, usando o Google Seach Console, mas, se você seguiu os passos que o plugin do WP te indicou, é certeza de sucesso na publicação.

Quais as melhores dicas de SEO para Web Stories?

Vale lembrar que não é só postar qualquer coisa nos Web Stories para que seu conteúdo tenha sucesso. É preciso planejamento e estratégia.

Os Web Stories aparecem nas páginas de pesquisa do Google, na tradicional e na de imagens, e também no Google Discover.

Então, seja para os resultados das pesquisas, ou para o Discover, é muito importante que você trabalhe bem com suas estratégias de SEO nos Web Stories.

Pensando na parte dos resultados de pesquisa pode ficar mais óbvio a importância do SEO nos Stories, mas quando o assunto é o Discover as pessoas podem já não ficar tão ligadas. Mas os conteúdos do Google Discover são apresentados aos usuários de acordo com indicações dos algoritmos do Google, seguindo os padrões e gostos desse usuário.

E como você consegue mostrar para esses algoritmos que o seu conteúdo tem a ver com o que aquele usuário tem maior propensão a gostar de ver? Com SEO, é claro.

Use heading tags nos slides

Divida seus Stories em tópicos com uma estrutura que segue a base de um artigo SEO convencional, ou seja, o seu título do slide inicial é o H1 e os demais, dos tópicos que compõem seus Web Stories são os H2, H3 e por aí vai.

Use títulos chamativos

Use títulos chamativos, diretos e, sempre, verdadeiros para os seus Stories, não esquecendo de incluir nesses títulos a sua palavra chave principal.

Esses títulos devem ter no máximo 70 caracteres e devem ser atraentes para fazer com que o usuário se sinta instigado a passear por todos os seus cards.

Use também algumas palavras chave que façam parte do campo semântico da sua palavra chave principal.

O texto nos Web Stories

Como o Web Stories é um formato pensado para ter consumo rápido, é interessante que o usuário consiga entender o que você está querendo mostrar naquele card com a menor quantidade de texto possível.

Facilitando assim o entendimento dos seus Stories e dando mais dinamismo à sua publicação.

O recomendado é que cada um dos cards tenha ao menos 100 caracteres e um máximo de 200 caracteres. 

Sendo que dentro desses caracteres você pode, e deve, pensar na sua estratégia de SEO, como falaremos no tópico a seguir. Lembrando do uso da sua palavra chave principal e das secundárias, além de palavras do mesmo campo semântico do tema do seu conteúdo.

Use vídeos e áudios

Como já falamos, é impossível não comparar o formato do Google Web Stories com os Stories do Instagram.

E trazendo dados da rede de fotos da Meta, os conteúdos que mais dão engajamento dentro da ferramenta dos Stories são os vídeos.

Um vídeo bem elaborado, ou bem escolhido pode ser o sucesso da retenção do público nos seus Web Stories, assim como de um maior engajamento.

Os áudios, assim como os vídeos, também ajudarão bastante a aumentar a retenção do seu usuário nos seus Web Stories.

Interação com os usuários

Assim como nas redes sociais, o sucesso dos seus Web Stories pode ser medido pelo engajamento do público com as suas publicações, ou seja, pelas interações dos usuários com o conteúdo dos seus Stories.

Dessa forma é muito importante que você consiga convidar os usuários a terem essa interação com os Stories, isso pode ser feito por meio de:

  • Enquetes
  • Caixas de perguntas
  • Botões
  • Links para páginas do seu site

E é claro que o uso desses elementos interativos pelos seus usuários são sempre potencializado por uma CTA (‘Call to action’ ou Chamada para Ação) convidando-os a interagir.

Usar essas e outras técnicas de SEO para conteúdo nos seus Web Stories, com certeza, fará com que eles sejam vistos por ainda mais pessoas.

Como monetizar os Web Stories com o Google Adsense

É claro que uma ferramenta que tem o sucesso que os Web Stories do Google vem tendo, não demoraria a apresentar formas de monetização desses conteúdos.

Hoje, as duas principais formas de monetizar com os seu Web Stories são:

  • Links de afiliados
  • Anúncios do Google Adsense

Monetizar Web Stories com Links de Afiliados

Essa forma consiste em você usar as ferramentas do Web Stories, no caso a ferramenta de redirecionamento para links externos, e tentar levar os usuários dos seus Stories para a sua página contendo seus links de afiliados.

Monetizar Web Stories com Anúncios do Adsense

Essa segunda forma já é a forma padrão do Google de monetizar seus conteúdos.

Para isso, você precisa ter uma conta no Google Adsense e integrá-la a sua ferramenta de criação de Web Stories.

Dessa forma, o Google vai apresentar anúncios em display para os usuários que estão ‘zapeando’ pelos seus Stories. E você ganha em cima da quantidade de visualizações desses anúncios.

Conclusão

Os Web Stories podem ser um aliado muito competente para a disseminação dos seus conteúdos, assim como para a monetização desses.

Essa é uma técnica ainda não muito usada pelos criadores de conteúdo e você pode aproveitar disso para crescer e fidelizar cada vez mais a sua audiência.

Você quer saber outras formas para aumentar as visualizações dos seus conteúdos e produtos com SEO? Fale conosco que mostraremos como a Optimiza pode fazer sua empresa alcançar cada vez mais clientes potenciais e fortalecer sua marca e suas vendas.

Júlia Neves

Júlia Neves

Também conhecida como Júlia do SEO, é formada em Marketing e possui uma vasta experiência na área. Iniciou sua carreira na B2W, maior e-commerce do Brasil, e já atuou como SEO Manager em uma empresa de marketing em Nova York.

O nosso negócio
é crescer o seu.

Fale diretamente com um especialista e descubra como alavancar o seu negócio!

Nossos contatos

contato@optimiza.com.br

97104-7359